O Ladrilho

É um produto tipicamente artesanal, produzido totalmente a mão, peça por peça, em um processo de fabricação pouco diferente do início do século XIX.

As expressões mais fortes deste processo artesanal são as pequenas irregularidades no desenho e as leves manchas nas cores. Portanto, são normais as variações de cores entre uma peça e outra, até na mesma peça, assim como pequenas lascas nas bordas e leves imperfeições no desenho.

São peças únicas, diferentes uma da outra, que no conjunto conferem ao ambiente o fascínio do antigo e o calor do rústico e com o passar do tempo, vão adquirindo uma beleza que só o tempo sabe dar.

imagem

História do Ladrilho

Encontram-se citações de um produto utilizado para pisos e paredes nas épocas moura e bizantina muito semelhante ao processo de fabricação do ladrilho hidráulico. Porém, é com advento da descoberta do cimento pelo químico britânico Joseph Aspdin em 1824 que o ladrilho hidráulico encontrou a sua formulação final, sofrendo muito pouca alteração desde então. O ladrilho hidráulico ganhou notoriedade no início do século XX, principalmente nas regiões do mediterrâneo, devido aos movimentos do modernismo na Espanha e a Art Nouveau na França, entre outros. Com a sua grande possibilidade decorativa acabou conquistando renomados arquitetos e grandes artistas, como Cadafalch e Gaudi, vivendo assim sua época de maior esplendor.

Foi também no início do século XX que o ladrilho desembarcou no Brasil nas mãos de imigrantes italianos. Na época São Paulo vivia um momento de grande expansão imobiliária e o ladrilho acabou sendo amplamente utilizado nas áreas frias das residências.

Ainda hoje pisos feitos de ladrilhos hidráulicos podem ser vistos em muitos prédios históricos de São Paulo, Tais como o Palácio dos Campos Elíseos, o Museu do Ipiranga, a Casa da Marquesa de Santos no Páteo do Collegio, o Colégio Sion, Universidade Mackenzie, a igreja Nossa Senhora do Brasil, Mosteiro de São Bento, além de igrejas, lojas e calçadas.

Aplicação

Preparo do contrapiso:

Por ser o ladrilho hidráulico mais alto que uma cerâmica convencional, deve-se prever esta diferença na hora de executar a regularização do contrapiso.

É recomendável também que todo contrapiso em contato direto com o solo seja impermeabilizado, pois existe a possibilidade da umidade do solo ser absorvida pelo ladrilho e assim acabar provocando manchas esbranquiçadas na camada de resina.

Forma de assentamento:

Seu assentamento requer alguns cuidados especiais, pois por se tratar de um material artesanal não existe padronização na altura da peça, que tem em média 17 mm com variação de aproximadamente 1mm. Deve-se portando compensar esta diferença no seu assentamento com o aumento/diminuição de argamassa colante sobre a sua base. Todo e qualquer excesso de argamassa deve ser imediatamente limpado da superfície do ladrilho e em pisos claros, recomenda-se o uso de argamassa colante branca.

Dimensão do rejunte ideal:

O ladrilho hidráulico tem na sua tradição o assentamento com junta seca, porém faz-se necessário eventuais correções com lixa nas suas laterais. Assentamentos com juntas estreitas (de 1mm á 2mm) tem no seu aspecto final um resultado muito positivo e não cria a necessidade de correções na peça. Somente aplique o rejunte após a impermeabilização do ladrilho.

Nota: O ladrilho hidráulico pode ser assentado com juntas insignificantes uma vez que, por serem fabricados com base e superfície de argamassas de cimento (ao contrário do que acontece com os pisos cerâmicos), acompanham as deformações das estruturas de concreto armado devida as alterações climáticas, sobretudo quanto à temperatura.

Impermeabilização e isolamento:

Para a impermeabilização do ladrilho hidráulico, basta a aplicação da resina acrílica concret surface em duas demãos e posteriormente, duas demãos de cera acrílica Trendsetter.

Atenção:É muito importante aguardar que o piso esteja totalmente seco para aplicar o impermeabilizante. Isto cria a necessidade de isolar toda área após o seu assentamento. A não observância ao período de secagem poderá resultar no surgimento das “manchas esbranquiçadas” que é uma reação formada pela umidade ascendente ainda existente dentro do ladrilho em contato com a camada de resina. O desrespeito ao isolamento da área recém assentada poderá resultar em manchas de sujeiras provenientes da obra que serão muito difíceis de sair, visto que o ladrilho hidráulico é um produto de alta porosidade.

Características:

Resistência
A resistência do ladrilho ao desgaste é extremamente alta, sendo inclusive recomendado para calçadas públicas.
As linhas Antiderrapante, Rusticatto e Riscatto têm ainda características antiderrapantes.

Absorção
O ladrilho hidráulico é um produto extremamente poroso, tendo assim a sua absorção muito alta a qualquer tipo de material, como água, sujeira, molhos, entre outros sendo imprescindível a impermeabilização do piso após a sua colocação.

Manutenção e limpeza:
    ◊ Procure manter seu piso sempre encerado mesmo que ele já esteja impermeabilizado com resina acrílica;
    ◊ Nunca utilize produtos a base de ácidos para a limpeza do ladrilho;
    ◊ Em ladrilhos impermeabilizados, utilize somente água e sabão neutro nas limpezas periódicas;
    ◊ Em casos de sujeira onde o ladrilho não recebeu sua devida impermeabilização, utilize o desengraxante Limpbrim em concentração maior mas é possível que mesmo assim não se consiga uma limpeza total, por isso lembre-se:

Sempre impermeabilize o seu ladrilho!

Catálogos